Lixo na Praia. Todos nós temos responsabilidade | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Lixo na Praia. Todos nós temos responsabilidade

Publicado por cidadedorio em 04/01/15 | Rio

14764198342_27f6c791a4_o

Por André Delacerda e Diogo Fagundes,

Ontem caminhando a noite pela praia de Ipanema com objetivo de mergulhar e se refrescar do calor, observamos uma cena forte, a água do mar estava completamente lotada de lixo flutuando.Eram sacos plásticos, garrafas pet, pedaços de plástico boiando e esse lixo todo fazia um cinturão entre a arrebentação e a areia.

Essa cena macabra tem se repetido pela orla inteira.

Em meio a esse mar de lixo flutuante milhares de pessoas tentando se refrescar. Será que alguma delas se deu conta de que aquele lixo todo não estava ali de forma natural, mas sim pela ação do homem, de nós moradores do Rio de Janeiro que deveríamos pensar mais sobre a importância de preservar nosso maior espaço de lazer.

Tem gente que joga lixo na praia por que não está nem ai, diz “eu não morro próximo a praia, que se ferre quem mora em frente”. Porém se esquece que frequenta a praia tanto quanto quem mora ali. E que a praia é tão sua quanto quem mora em frente  a ela. A praia é um patrimônio natural nosso, e que usamos e deveríamos pensar que se continuar assim com degradações, no futuro não teremos o nosso maior espaço de lazer.

Tem gente que joga ou deixa lixo na praia pois pensa “ah, tem os garis da Comlurb para limpa, pago impostos para isso”. Se esquece que qem primeiro deveria zelar pela qualidade da praia somos nós mesmos. Os garis são pessoas que ajudam a manter a limpeza, mas não são a solução para limpeza geral. A força tarefa de limpeza das praias deveria ser nós cariocas, ao não jogar lixo nela.

O que custa nós levarmos um saquinho de casa recolher o lixo que geramos e depositar nas caixas coletoras que existem na orla, na hora que sairmos da praia?

Já parou para pensar quanta doença vem pelo lixo jogado na areia? Naquela micose de praia, nos ratos que começam a frequentar mais o local a procura de restos de comidas e deixam outras doenças. Até em lavas que se instalam nas areias e prejudicam nossa saúde.

O problema do lixo na praia não é especifico de uma classe social, de alguém que mora em bairro especifico. Ele é um problema de todos nós que de forma descuidada o deixamos ali naquele lugar que supostamente “amamos tantos” os detritos que vão sujar nossas águas, que irão degradar hoje e cada vez mais amanhã, destruindo, um dos nossos maiores cartões postais, o nosso espaço mais democrático de lazer.

A praia é de todos nós! Todos nós cariocas temos o dever de cuidar dela!Vamos pensar nisso e compartilhar isso, principalmente agora que o Rio de Janeiro vai completar 450 anos. Seria um belo presente para essa linda cidade que nos acolhe e que deixaremos para nós e as futuras gerações.