Tentando conviver numa ciclovia compartilhada | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Tentando conviver numa ciclovia compartilhada

Publicado por cidadedorio em 31/03/14 | Rio

IMG_8436

O Rio tem umas das maiores ciclovias das Américas

Por Diogo Fagundes e André Delacerda,

Com os constantes engarrafamentos no Rio de Janeiro, as bikes são uma solução para se locomover entre bairros. Nós gostamos bastante de andar de bicicleta, até saímos para fazer algumas reportagens e fotos utilizando elas como meio de transporte.

Percorrendo diariamente as ciclovias da cidade temos observado que o trânsito nelas não está tão fácil. Resolvemos escrever esse post para trazer algumas dicas uteis de como conviver numa ciclovia, principalmente nas compartilhadas com pedestres.

Vamos pegar exemplos das ciclovias na orla e Lagoa.

_MG_7413

As bonitas paisagens que se pode ver ao lado das ciclocias

Você está transitando pela ciclovia compartilhada da Lagoa quando de repente se depara com alguém distraído com o smartphone na mão. A pessoa perde a noção de que pode causar um acidente. Ela anda tão distraída olhando aplicativos que  perde o sentido de direção, muito das vezes se jogando na outra faixa da ciclovia em cima de alguém de bicicleta. Nossa dica, se vai caminhar e curtir a lagoa deixe um pouco o smartphone de lado e relaxe vendo a beleza do lugar. Assim você aproveita mais o local e evita acidentes ao se distrair com apps.

Você sai de casa para aproveitar o final de tarde na orla passeando de bicicleta, quando se depara com uma quantidade enorme de pessoas transitando sem atenção na ciclovia. Claro, tanto ciclistas quanto pedestres devem tentar conviver nesta faixa que é compartilhada (ciclistas, corredores e skatistas), e que não deve servir de calçada para quem deveria caminhar e conversar pelo calçadão que por certo tem mais espaço. O maior perigo são os pedestres que atravessam fora da faixa e entram na ciclovia sem olhar se vem alguma bicicleta na sua direção.

Muitos ciclistas também utilizam a ciclovia como se fosse uma pista de corrida, como aqui no Rio muitas dessas faixas são estreitas e também compartilhadas como já mencionamos, é importante se ter a atenção redobrada para se evitar acidentes com velocidade.

Situação estendida as bike motorizadas, muitos condutores destas se esquecem de circular com uma velocidade compartível para faixa.

Outra cena muito comum são a de pessoas caminhando na ciclovia de mãos dadas, mas com os braços bem aberto, fechando assim, as duas faixas compartilhadas. Nossa dica, demonstre seu amor, mas não esqueça de tratar o próximo como você gostaria de ser tratado, então, tente usufruir da ciclovia pensando num conjunto e não de forma individual.

Atenção redobrada com as crianças. Certamente quem já não viu uma criança correndo pela ciclovia sem perceber que no seu caminho vem vindo uma bicicleta, skate ou até mesmo um corredor. Nossa dica é que tanto os pais redobrem a vigilância para com os pequenos, como os ciclistas ao verem tais cenas diminuam a velocidade ou parem esperando a criança passar.

Essas são algumas observações e dicas que reunimos nas últimas semanas. Esperamos também as suas nos comentários abaixo.

Todos pelo transporte alternativo e sustentável!