Arquitetura Carioca: Os destalhes do Pavilhão Mourisco da FioCruz | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Arquitetura Carioca: Os destalhes do Pavilhão Mourisco da FioCruz

Publicado por cidadedorio em 10/02/15 | Rio

IMG_20150205_125001383_HDR

Por Diego Costalonga e Cassia Carvalho,

Única edificação neomourisca civil ainda existente no Rio de Janeiro, o Pavilhão Mourisco ou Prédio Central da Fundação Oswaldo Cruz teve sua construção iniciada em 1905 e foi projetado pelo arquiteto português Luiz de Moraes Júnior, com base em croquis de Oswaldo Cruz. O traçado do prédio assemelha-se aos palácios ingleses do período Elisabetano, com utilização de torres e ameias, a valorização da entrada principal, as grandes galerias ligando as salas laterais. Já nas fachadas, paredes, pisos e forros internos impera o estilo oriental.

IMG_20150205_124922156-2

Arrematando a base do prédio há uma cinta, também em granito trabalhado. As varandas externas têm paredes em azulejo Bordalo Pinheiro e seu piso é coberto de mosaicos franceses, cuja distribuição, em variadas cores e formas, lembra os tapetes e passadeiras árabes.

Veja as bonitas fotos

IMG_20150205_123845905_HDR

IMG_20150205_124559754

IMG_20150205_123151207_HDR

IMG_20150205_124922156

IMG_20150205_125024216_HDR (2)

IMG_20150205_123215206 (2)

Durante a semana há visitas guiadas com agendamentos, aos finais de semana as visitas são sem agendamento.

Fotos: Cassia Carvalho