Bem sucedido Debriefing COI de Londres 2012 chega ao fim | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Bem sucedido Debriefing COI de Londres 2012 chega ao fim

Publicado por SiteCidadedoRio em 21/11/12 | Rio 2014/16, Site

O Debriefing dos Jogos Londres 2012, organizado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), terminou nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, encerrando uma semana de transferência de conhecimento entre os organizadores dos Jogos da XXX Olimpíada e futuras cidades-sede.

Representantes do COI e do Comitê Organizador Londres 2012 compartilharam suas melhores práticas e experiências dos Jogos, realizados neste verão europeu, com mais de 500 participantes das equipes de Sochi 2014, Rio 2016, PyeongChang 2018, e das Cidades Candidatas para 2020: Istambul, Tóquio e Madri, além de representantes dos tres níveis governamentais.

“Esta foi a 7ª edição do Debriefing e vimos mais uma vez como este evento é uma parte crucial de nosso amplo programa de transferência de conhecimento”, disse o Diretor-Executivo de Jogos Olímpicos do COI, Gilbert Felli. “Londres 2012 deixará grandes legados para a cidade de Londres, seus cidadãos, o país, assim como para o movimento esportivo em geral. Sua partipação ativa e aberta aqui garantiu ainda que o Movimento Olímpico continuará a se beneficiar de Londres 2012 no futuro”.

O Debriefing, realizado entre 14 e 21 de novembro, contou com sessões plenárias, sessões específicas e encontros individuais que permitiram a futuros organizadores de Jogos maximizar suas discussões com Londres 2012 e COI, e fortalecer o processo de aprendizado. Durante estes sete dias os participantes tomaram conhecimento dos pontos-chave do Debriefing, em particular a importância do desenvolvimento e implementação de visão, produto e experiência, e a entrega dos Jogos.

“Esta foi uma oportunidade fantástica para o Rio 2016 e as outras cidades aprenderem com Londres,” disse Nawal El Moutawakel, Vice-Presidente do COI e Presidente da Comição de Coordenação do COI para o Rio 2016. “Vimos quanto tempo e esforço Londres dedicou para integrar seus públicos-chave, incluindo os atletas, espectadores e parceiros, à sua visão dos Jogos para entregar o melhor produto possível. O relacionamento próximo que Londres 2012 tinha com diversos níveis do governo, parceiros e órgãos realizadores foi também crucial. O Rio 2016 já está no caminho certo em ambas as áreas e o Debriefing definitivamente ajudará a refinar seu trabalho daqui para frente. Mas receber os Jogos Olímpicos é um projeto complexo e não há tempo a perder. O Rio 2016 está ciente disso e sabemos que fará u m bom trabalho”.

Denis Oswald, Presidente da Comissão de Coordenação para Londres 2012, acrescentou que outra lição-chave do Debriefing foi a importância que Londres deu ao planejamento da visão e ao engajamento do público.

“Os Jogos muito bem sucedidos deste verão europeu foram resultado da excelente colaboração entre o COI e Londres 2012 ao longo dos anos, e muito crédito precisa ser dado a Sebastian Coe e Paul Deighton por isso”, disse. “A habilidade de Londres para criar uma visão poderosa dos Jogos e se ater a ela consistentemente, desde o dia que ganhou o direito de receber os Jogos até o dia em que eles terminaram, é definitivamente algo que futuros organizadores deviam aproveitar do Debriefing. Londres 2012 e seus parceiros também fizeram um trabalho brilhante engajando a população local e a audiência Olímpica mundial. Não tenho dúvida de que o Rio 2016 olhará para os sucessos de Londres e vai adaptá-los aos seu próprio projeto.”

O Presidente de Londres 2012, Sebastian Coe, comentou que “os Jogos Olímpicos são diferentes a cada vez, o que contribui para sua longevidade e apelo. Na última semana, dividimos uma quantidade enorme de informação sobre planejamento e entrega dos Jogos, o que aprendemos ao longo de nossa jornada de sete anos. Especificamente, compartilhamos nosso plano de engajamento, que levou milhões de pessoas ao redor do Reino Unido a se juntarem à celebração dos Jogos. Falamos sobre a importância de atrelar sua visão com prioridades existentes de legado e discutimos a importância crítica de integração com os públicos e parceiros”. Ele acrescentou que “o Rio é uma cidade maravilhosa e a equipe do Rio 20126 tem uma fantástica oportunidade de transformar a cidade e as vidas de sua juventude”.

“Londres organizou Jogos Olímpicos fantásticos e este debriefing foi fundamental para revelar os processos e o planejamento que tornaram possível essa bem sucedida edição dos Jogos. O bastão foi passado para nós e agora vamos aplicar as lições aprendidas nos últimos quatro dias e adicionar nossas contribuições ao Movimento Olímpico, para que, em quatro anos, possamos passar o bastão para os próximos anfitriões tendo avançado os Jogos mais ainda”, disse Carlos Arthur Nuzman, Presidente do Rio 2016.

O programa de gerenciamento de conhecimento do COI (OGKM, na sigla em inglês) foi criado durante os preparativos para os Jogos Sidney 2000 e, desde então, evoluiu para uma plataforma integrada de serviços e documentação, que ajuda organizadores nos seus preparativos para os Jogos, os permite avaliar seu progresso e sucesso, e os auxilia a definir o futuro dos Jogos. Dentre as atividades oferecidas pelo OGKM estão o programa de observadores durante os Jogos, manuais técnicos, uma extranet, o programa de secondees, o programa de avaliação dos Jogos e o Debriefing dos Jogos.

Foto: Praia de Copacabana, um dos palcos da Rio 2016 por Diogo Fagundes