Caminho de Santiago de Compostela Tineo - Borres | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Caminho de Santiago de Compostela por dois Cariocas: Tineo – Borres

Publicado por cidadedorio em 09/05/15 | Viagens

11225883_877608062300890_483137755_n

Por Amanda Nogueira,

Tivemos uma ótima noite de descanso, em Tineo. Pela manhã, voltamos na Cafeteria, para o desjejum. Não dava vontade de sair de lá, pois além de muitas variedades de pães e bolos, o ambiente aconchegante e quentinho era mais convidativo do que começar o dia em um trilha gelada. Olhei pela janela e marcava 9 graus no termômetro. Junto com nossos amigos, Joan e Vicente, tomamos coragem e começamos a caminhar.

11258651_877607825634247_265331934_n (1)

Antes de subir a trilha, passamos nos Correios e despachei mais 1kg de itens da minha mochila. Hoje a subida prometia ser mais dura e até a cidade de Borres seriam 18km. O Fred carregou para mim, meu saco de dormir, pois meus joelhos ainda não estavam bons.

11165852_877607948967568_1129145363_n

Já no início da caminhada conhecemos um casal de senhores alemãs, Barbara e Carlos, que nos acompanharam durante um bom período.

11216064_877607982300898_1824652441_n

Éramos então, 7 peregrinos, pois conosco também havia uma amiga da Holanda, a Luiza, de apenas 20 anos, que tem percorrido o Caminho sozinha. Uma inspiração!

11215950_877609092300787_846766026_n

Fomos ganhando bastante altitude e apreciando a bela vista da cidade. As mais bonitas paisagens que já vimos, durante estes dias que estamos percorrendo o Caminho. Com o tempo, o sol foi aparecendo e aquecendo nosso percurso.

11225560_877608168967546_1753414472_n

Alguns quilômetros de caminhada e uma surpresa. Ouvi um choro de criança e pensei: Não é possível! Não tem como ter uma criança aqui! Eis que me deparei com um casal de espanhóis, Ana e Tony, que carregavam seu filho também chamado Tony, em um carrinho de bebê. Ele era a coisa mais linda! Este feito foi muito impressionante, já que esta era uma das partes piores da trilha, um solo com pedras, barro e bastante umidade.

11119647_877608098967553_1118903501_n

Com cerca de 10km de percurso passamos por um antigo monastério, que avistamos ao longe, parecia muito bonito. Mais uns 4 km de caminhada e chegamos em uma pracinha, onde encontramos vários peregrinos, amigos que conhecemos em Tineo.

11119647_877609098967453_1944932411_n

Sentamos para comer e descansar um pouco, pois ainda restavam 6 km. O restante do percurso foi quase todo pela rodovia. Andamos por 3 km e paramos na cidade de Campiello, onde novamente todos se reuniram para comer e confraternizar, na Casa Hermínia. Uma senhora muito hospitaleira, que tem uma excelente infraestrutura: um restaurante, um hotel e um albergue.

11257623_877607945634235_533871730_n

Depois seguimos para Borres. O albergue em Borres é uma antiga escola, tendo somente algumas camas e banheiros. Não tem maquina de lavar e secar, não tem wifi, nem calefação e a água dos chuveiros é praticamente fria. Ficamos mal acostumados rs Agradeço a Deus por ter uma cama para mim e para o Fred neste albergue, pois já passaram por aqui um casal de russos e dois ingleses que queriam ficar e não tinha mais cama. Eles optaram por andar mais 12 km até Pola de Allande.

11185631_877607998967563_1351336973_n

Veja mais fotos deste trecho da viagem:

11258616_877609038967459_438822608_n

11253830_877608998967463_841797165_n

11256467_877608122300884_1913086841_n

11245249_877608948967468_1454229007_n

11225978_877607955634234_1335277194_n

11225834_877609095634120_615384803_n

11211742_877609102300786_36995897_o

11180098_877608992300797_2081384245_n

11124531_877608058967557_795261398_n

11123587_877608008967562_315649805_n