Cidade, limpeza pública e o papel do cidadão | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Cidade, limpeza pública e o papel do cidadão

Publicado por cidadedorio em 10/12/12 | Site

Editorial da Semana

Por André Delacerda / Diogo Fagundes

Cuidar de uma cidade não é somente responsabilidade do poder público e das empresas que a adotam, mas é sobretudo, uma responsabilidade da população que nela vive.

A cidade, suas vias, bairros, localidades são a nossa casa, e cabe a cada um de nós tentar colaborar para o ordenamento da mesma, como fazemos nas nossas casas.

Quando nos reunimos para participar de grandes eventos, como Carnaval de Rua, Reveillon, ver a Árvore de Natal na Lagoa, ou simplesmente ir a praia.  Temos quer ter em mente que estamos compartilhando espaço com outros habitantes desta grande casa chamada de cidade.

Evitar jogar lixo nas ruas, ou nos espaços ocupados por estes eventos é uma das coisas mais importantes, afinal, você não gosta de viver em meio ao lixo, a sujeira.

Mas, temos visto cenas, tristes, e de bastante descaso, nossa população infelizmente, por falta de atenção, ou por acreditar que há uma limpeza pública que irá limpar os logradouros, não se preocupe e tem deixado lixo nos locais que frequentam. É garrafa jogada nos gramados, lixo nas ciclovias. Uma das piores cenas é a praia no final de tarde, um amontoado de lixo jogado, em um ecossistema tão frágil, e no qual convivemos.

Não devia ser assim, as autoridade fazem campanhas de conscientização, mas esporádicas, o que deveria ser massificado, só acontece em poucas épocas do ano. Trabalhar a conscientização para a limpeza pública deve ser algo feito desde a infância, nas escolas, nas famílias, igrejas, associações.

O lixo que deixamos nas nossas ruas, deixam a nossa cidade feia, trazem doenças que nos prejudicam, ocasionam incidentes, como o alagamento de ruas, devido ao lixo que se deposita nos bueiros.

Está na hora de o carioca e o poder público travarem uma cruzada pela limpeza pública, principalmente, numa cidade que é hoje o centro das atenções internacionais.

Todos pela limpeza pública, por uma vida mais saudável e por uma cidade cada vez melhor.