Coisas que você precisa saber sobre: A Pedra da Gávea | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Coisas que você precisa saber sobre: A Pedra da Gávea

Publicado por cidadedorio em 12/07/13 | Aventura

IMG_4562

Por do sol com visão do Maciço da Pedra Branca

Por André Delacerda e Diogo Fagundes

Ontem fomos fazer imagens do Por do Sol na Pedra da Gávea. A subida começou as 14h e chegamos as 16h30m no topo da montanha. Logo nos posicionamos em um platô que possibilita a visão para toda a Zona Oeste, Maciço da Pedra da Branca, praias da Barra e do Recreio.

Muita gente pergunta como chegar a Pedra da Gávea e tem curiosidade sobre ela. E neste post vamos mostrar algumas bonitas imagens que captamos ontem e contar algumas coisas sobre o monólito.

IMG_4517

A Pedra da Gávea é uma rocha de granito que sobe 842 m acima do mar, e é considero o maior bloco de pedra a beira mar do mundo. A pedra tem esse nome porque os marujos portugueses reconheciam seu formato como um cesto de gávea. A pedra foi avistada no primeiro dia de janeiro de 1502 pelo navegar Gaspar de Lemos. Ainda hoje é usada como referência por velejadores na costa do Rio de Janeiro.

No topo da Pedra da Gávea há um bloco de pedra com o formato de um rosto humano, é chamado por muitos de “O Imperador”. Rezam as lendas que o rosto poderia ser esculpido por fenícios que chegaram até as terras do Rio de Janeiro. Há relato que em um dos lados da face há uma inscrição que diz: “Aqui Badezir, rei de Tiro, filho mais velho de Jetbaal”.

IMG_4520

Zona Sul do Rio de Janeiro, vista da Pedra da Gávea

Verdade ou não, lenda ou realidade, o fato é que há muitos mistérios rondando a Pedra da Gávea.

Para quem vai subir a trilha, a trilha começa em um condomínio na Barrinha (sub-bairro da Barra da Tijuca) – Zona Oeste, na Estrada do Sorimã, o acesso se dá através do portão do condomínio, e após alguns minutos de caminhada chega-se a entrada principal da trilha da Pedra da Gávea. Ali, você tem que se identificar deixando seu nome e número de contato.

IMG_4514

Na trilha há bastante raízes formando escadas e pedras

A trilha começa por um caminho de pedras construídos pelos escravos e vai se afunilando por dentro da floresta com “escadas naturais” por entre as raízes, há três escalaminhadas, incluindo a temida Carrasqueira. Os paredões internos da trilha tem agarras naturais de troncos e pedras, há também apoios de ferros e em um trecho uma corrente que ajuda na subida. O grau de dificuldade da trilha é médio

A Carrasqueira é a parte de maior dificuldade do trajeto. O paredão fica numa área decampada o que causa a impressão de que a altura é bem maior. Muita gente trava na Carrasqueira, o aconselhável é subir pela fenda, por que esta tem fendas fáceis de segurar. Há pessoas que preferem subir e descer pela fenda, outras pela parte que parece um escorrega, mas se você não conhece, não tente.

IMG_4569

A bela vista da Barra da Tijuca e Recreio

No mais é subir com calma, levar água, roupa leves, repelente de mosquito se você é alérgico a picada de insetos, um tênis confortável. Lembre-se, não deixe lixo na trilha.

Ontem quando descemos a noite, o portão que dá acesso a trilha estava fechado, antigamente muita gente subia a noite e dormia no topo, mas, parece que não estão mais permitido dormir na pedra.

IMG_4995

O espetáculo do por do sol na Pedra da Gávea

IMG_5391

A beleza do Rio de Janeiro a noite

IMG_5397

A noite na Pedra da Gávea

Assistam aos vídeos que gravamos mostrando como é a trilha da Pedra da Gávea.