Complexo do Alemão pronto para receber a 3ª edição do Desafio da Paz | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Complexo do Alemão pronto para receber a 3ª edição do Desafio da Paz

Publicado por blogcidadedorio em 26/05/12 | Site

De volta ao Complexo do Alemão, na Cidade do Rio, o Desafio da Paz reunirá neste domingo, dia 27, cerca de duas mil pessoas entre moradores da comunidade, atletas, políticos e artistas. Os maiores nomes da categoria profissional chegam à cidade neste sábado. Jadel Gregório, Franck Caldeira e Marilson dos Santos garantem vir com toda a disposição para participar dessa prova, que tem como marca unir favela e asfalto. O evento foi sucesso em 2011 por incluir no percurso de 5km a rota de fuga dos traficantes da Vila Cruzeiro para o Morro do Alemão. Organizado pelo AfroReggae, a terceira edição do evento celebra a transformação da comunidade após a ocupação e a implantação das UPPs. A largada está marcada para as 8h, no Campo do Ordem localizado na Estrada José Ruças 1266 – Vila Cruzeiro, com chegada no Campo do Sargento, na Rua Canitar s/n – Grota.

Vencedor da primeira prova no Complexo do Alemão, o maratonista Franck Caldeira está animado para o desafio: “Estou muito feliz em participar novamente desde grande evento, onde a inclusão social e o incentivo ao esporte estão em primeiro lugar. Minha expectativa é bastante positiva e espero contribuir ao máximo para incentivar as pessoas a participarem da corrida” conta o atleta que, mesmo em preparação para a Olimpíada de Londres, fez questão de prestigiar o evento.

A prova intercala trechos de terra com asfalto. Além das partes com piso acidentado, os corredores também terão de passar por locais bem estreitos e vielas dentro da favela. “Estou indo de peito aberto, mesmo se for difícil eu vou conseguir. Vai ser muito legal correr ao lado das pessoas da comunidade”, conta Jadel Gregório. Já Marilson lembra a importância da prova para a comunidade: “um dos maiores legados de um evento como esse é ressaltar a importância de se fazer uma atividade física. Incentivando a prática esportiva é possível, além de melhorar a qualidade de vida das pessoas, encontrar novos talentos”.

A organização premiará com equidade os atletas que subirem ao pódio. Divididos nas categorias Geral Masculino e Geral Feminino, e Comunidade Masculino e Comunidade Feminino, os campeões vão faturar R$ 7 mil, enquanto os segundos colocados levarão para casa R$ 4 mil e, os terceiros lugares, R$ 2 mil. A premiação total é de R$ 52 mil.

Este ano, os corredores terão a oportunidade de contribuir para iniciativas que trabalham pela promoção da saúde e direitos humanos dos moradores do Complexo. Com o patrocínio do banco Santander, toda a quilometragem percorrida pelos participantes será somada quando o último competidor passar pela linha de chegada. O resultado dessa conta será convertido em reais e doado para o Centro de Referência da Saúde da Mulher (Cresam) e o Espaço democrático de união, convivência, aprendizagem e prevenção (Educap).

Os kits devem ser retirados neste sábado no Hotel Novotel, no Centro, das 9 às 17 horas. Para a retirada do material, os participantes devem apresentar a confirmação da inscrição junto com o documento de identidade original. Com os kits, cada pessoa receberá o seu chip, que deverá ser fixado no tênis. Por ser descartável, não é necessário devolvê-lo ao fim da prova.