Hahn é mais que um aeroporto | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Hahn é mais que um aeroporto

Publicado por cidadedorio em 08/08/13 | Viagens

_MG_9528

Hahn no inverno é uma cidade quase deserta

Por André Delacerda e Diogo Fagundes,

Quando resolvemos pegar um vôo low coast da Alemanha para Espanha, tivemos que ir para o Aeroporto da cidade de Hahn. Tentamos descobrir mais sobre o lugar, mas todo mundo nos falava que não tinha nada, que só era um aeroporto operado por companhias aéreas low coast somente.

Teríamos que ficar em Hahn quase um dia inteiro e a madrugada, já que o nosso vôo era as 6:40 h da manhã, e os ônibus entre Frankfurt Airport-Hahn Airport, seguiam um certo horário, já que eram charters.

Por não conhecer bem a região, inclusive pelas poucas informações que tínhamos, resolvemos sair do Aeroporto de Frankfurt pela manhã. A viagem durou uma hora mais ou menos, foram 70 km percorrido pelo ônibus numa autobahn que cortava uma região meio montanhosa, rural, cheia de cataventos de energia eólica.

_MG_9416

Bucólicas ruas de Hahn

Logo no entrocamento da autobahn com a entrada para Hahn, pudemos ver umas casinhas. Chegando ao aeroporto fizemos um rápido reconhecimento, e resolvemos ir a Hahn tentar achar um lugar para comer, andamos uns 15 minutos até a entrada da cidade, e logo ali, começamos a sentir a cidade, que nos seu silêncio mais parecia uma cidade fantasma. Circulamos pelas ruas, e nada de moradoras, raramente passava um carro.

Mas, Hahn era bonita, apesar de misteriosa. Curioso foi ver uma plaquinha informando o valor do estacionamento em frente de casa. Que curioso isso! Uma cidade quase fantasma e com tantas placas de estacionamento, a 2 euros…

Circulamos mais, e entramos numa ruazinha que nos levou a um cercado, com solo coberto por gelo onde pastavam dois pôneis que roubaram nossa atenção, e nos fizeram fazer filmagens deles.

_MG_9453

Pôneis que encontramos no quintal de uma casa

Caminhando por mais algumas ruas nos deparamos com uma casinhas lindas, e resolvemos filmar. Foi quando uma simpática senhora abriu a janela e ficou sorrindo pra gente, com olhar de surpresa, talvez perguntando “o que estariam fazendo aqueles dois jovens no frio com uma câmera nas mãos…”

Hahn no início nos pareceu silenciosa, mas era viva, pois conseguimos ouvir rompendo o silêncio a voz de seus moradores que estavam dentro de suas casas.

_MG_9507

O ar rural de Hahn

Valeu a pena se aventura por suas ruas. Quando voltávamos para o aeroporto, passamos em frente a uma pequena pizzaria e vimos ver duas pessoas nos olhando com ar de curiosidade e surpresa.

Pelo que deu para entender, a cidade em outras estações do ano era uma espécie de vila turística, mas naquela época se recolhia em pleno silêncio do frio.

_MG_9421

_MG_9435

_MG_9441

Assista ao vídeo da nossa visita a Hahn e vôo para Barcelona. 

Leia também sobre a Ilha dos Museus na Coluna Viagem.