O voo mais lindo do mundo | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

O voo mais lindo do mundo

Publicado por cidadedorio em 08/11/17 | Aventura

DCIM101GOPROG0651473.

Mais uma aventura compartilhada por nossa colunista de aventura Elisa Eisenlohr.

Sabe aqueles dias raros no Rio de Janeiro em que o sol brilha e faz até um certo calor, mas na sombra está um friozinho gostoso? Pois bem… esses dias raros são muito especiais para a galera do voo livre porque é justamente quando é possível voar de São Conrado até o Cristo Redentor!

Quem estava no Rio e olhou para as cordilheiras que levam ao Corcovado neste último feriado (2 de novembro) provavelmente reparou que o céu estava um pouco mais animado com algumas asas deltas e parapentes colorindo o céu.

DCIM100GOPROG0621243.

Acontece que para percorrer distâncias de asa ou parapente, os voadores precisam das chamadas térmicas, que são bolhas de ar quente que sobem da terra até se condensarem em nuvens. É nelas que a gente consegue pegar uma carona para subir e depois planar para mais longe. Aqui no Rio, a proximidade do mar proporciona um visual incrível, mas dificulta a formação dessas bolhas. Maaaasssss… tem alguns dias especiais como este 2 de novembro que permitem essa condição mágica.

Mesmo nos dias especiais, este voo nem sempre é fácil, mas posso assegurar que é sempre inesquecível! Lá de longe, na companhia dos pássaros, ouvindo o barulho do vento, a cidade fica mais maravilhosa ainda. Já voei em lugares lindíssimos por este mundo afora – Alpes franceses, Austrália, Nova Zelândia e outros – mas o voo do Cristo é cobiçado por voadores do mundo todo por ser certamente um dos mais lindos de todos.  Esta combinação única de montanhas, mar, floresta e cidade faz deste voo uma experiência mágica e espetacular.

DCIM100GOPROG0631249.

A distância é curta, mas o voo nem sempre é fácil. Quando comecei a praticar o esporte, este voo era um sonho para mim. Apesar da curta distância, chegar lá exige habilidade técnica e, algumas vezes, muita paciência. Desta vez, demorei quase uma hora e meia para chegar ao Cristo por causa do vento contra. Mas até que não é nada mal ficar tanto tempo curtindo esse visual que vocês podem ver nas fotos. Ir até o Cristo e depois voltar até São Conrado (a volta foi bem rápida!) é muito recompensador.

DCIM101GOPROG0681490.

Assista a aventura de Elisa nos céus do Rio de Janeiro.

A boa notícia é que os dias do voo do Cristo são bem mais frequentes em novembro! Então, aproveitem para reparar um pouco mais no céu nestes dias de primavera ou para experimentar a sensação de voar agendando um voo duplo. Quem sabe até você se inspira para aprender a voar sozinho?

Elisa Eisenlohr é jornalista, administradora, mãe do Thomas e da Mia e nas horas vagas gosta de voar, o que lhe rendeu este ano o título de campeã brasileira de parapente. Para agendar um voo, entre em contato! (21) 98183-8654 (Fabrício)