Rocinha de Braços Abertos - corrida e atividades culturais | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Rocinha de Braços Abertos – corrida e atividades culturais

Publicado por cidadedorio em 13/03/13 | Eventos

rba_003-1327249841 - Cópia

A maior comunidade da América Latina se prepara para receber a segunda edição do projeto DE BRAÇOS ABERTOS. No dia 24 de março, cerca de 2.500 pessoas participarão das provas de 5 km e 10 km, além de mini corrida e dos concursos culturais “Grafite Seu Esporte” e “Fotografa Esta Ideia”. A estreia do projeto foi há um ano, logo após o inicio do processo de pacificação da Rocinha. De lá para cá, a realidade do local mudou muito. A presença da polícia reduziu o poder do tráfico de drogas e permitiu que eventos como o Rocinha de Braços Abertos pudessem sair do papel. Com isso, a comunidade inaugurou o projeto, um evento que veio para ficar e mudou definitivamente a história do lugar.

Equipes de corrida já existiam na comunidade, entre elas a que é coordenada pelo motorista de vans Antônio Carlos Ferreira, o Cacau. Entretanto, a modalidade ainda precisava de um empurrão para cair no gosto dos moradores.

“Quando a divulgação da corrida começou, muita gente veio nos procurar para iniciar os treinos, mas a nossa equipe não tinha estrutura para atender a todos. No ano passado, eram menos de 40 corredores, hoje somos 50. Mesmo sem poder atender a todos, muitas pessoas que não são da equipe vem correr conosco. O Rocinha de Braços Abertos fez muita gente entrar no esporte” observa Cacau.

Entre os que começaram a correr por causa do projeto, Laís dos Anjos, de 21 anos, que trabalha como vendedora. A moradora da Rocinha se animou com a prova do ano passado e, após ganhar uma inscrição para o Vidigal de Braços Abertos, não parou mais.

“Antes das corridas eu era bem sedentária. Depois de assistir à corrida da Rocinha me animei bastante e já participei de dez provas, praticamente uma por mês. Assim como eu, conheço várias pessoas que também se apaixonaram pelo esporte por causa dessa iniciativa”, conclui Laís.

Manifestações sociais e culturais, como as campanhas “Fotografe Esta Ideia” e “Grafite Seu Esporte” também terão espaço garantido. Moradores da comunidade poderão inscrever-se também nas 250 vagas oficinas de capacitação profissional, que oferecem treinamento da área de eventos esportivos. Para os que participaram das oficinas na edição anterior, serão ministrados cursos de reciclagem. Todos os alunos trabalharão na produção do evento, em diversas áreas.

Como de costume, a criançada também tem lugar no projeto DE BRAÇOS ABERTOS. No dia 24 acontece uma mini corrida. Crianças de 1 a 12 anos, da comunidade ou não, poderão participar da prova gratuitamente.

 

FOTOGRAFE ESSA IDEIA TERÁ OFICINA GRATUITA

Nesta edição, o concurso cultural “Fotografe Esta Ideia”, que premia as três melhores captações feitas por participantes da prova, por meio de celular ou câmeras terá uma novidade. Na véspera do evento, dia 23 de março, acontece um treinamento com o fotógrafo profissional Thiago Diz. Quem quiser participar e aprender um pouco mais sobre a arte da fotografia basta comparecer ao Complexo Esportivo da Rocinha, às 10h com máquina fotográfica ou telefone celular com câmera.

O “Fotografe Esta Ideia” premiará as três melhores captações através de uma votação online. Serão distribuídos R$500, R$200 e R$100, respectivamente para os primeiros, segundos e terceiros colocados.

Percursos: 

5km: Tem logo no início 2km de subida pela Estrada da Gávea, até passar no Portão Vermelho que dá acesso ao Parque Ecológico, onde as trilhas com cerca de 1km irão deixar a disputa ainda mais emocionante. Ao sair do Parque Ecológico o percurso segue pela Rua um, onde becos e escadarias vão proporcionar aos atletas grande contato com a comunidade, até chegar à passarela, na reta final da prova.

10km: O percurso é o mesmo da prova de 5km, até a saída do Parque Ecológico, quando os atletas seguem para enfrentar a subida do Laboriaux, onde vão encarar uma ladeira bem íngreme com aproximadamente 500 metros, em seguida 600 metros de mata fechada e muita trilha em terra, até sair na Estrada da Gávea. Neste ponto os corredores irão se deparar com o contraste do Condomínio das Mansões e a comunidade, entrando então no Beco 199. A partir daí os participantes subirão uma grande escadaria e descerão por becos e vielas até chegar na entrada da Rua 1, onde passarão pelo Becos Cesário e Galo Nervoso até chegar na passarela para concluir os 10km.

Inscrição:

O valor da inscrição é de R$ 55, 00.  Participantes acima de 60 anos, terão desconto de 50%.

Já os moradores da comunidade e crianças (da comunidade ou não) são isentos da taxa.

O Projeto de Braços Abertos tem o patrocínio da Light e Secretaria Estadual de Esporte e Lazer via Lei de Incentivo ao Esporte. O evento conta ainda com as parcerias do Batalhão de Operações Especiais da Policia Militar (BOPE) e do Comando de Polícia Pacificadora para realização do projeto.

 

Mais informações: Projeto de Braços Abertos

Foto: FOTOCOM.NET