Salão do Estudante 2012 - feira de intercâmbio, no Rio de Janeiro | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Salão do Estudante 2012 – feira de intercâmbio, no Rio de Janeiro

Publicado por blogcidadedorio em 14/09/12 | Site

Os brasileiros estão mesmo buscando novas oportunidades de ensino no exterior. Seja qual for o destino o importante é garantir a experiência, enriquecer o currículo e conhecer novas culturas. Quem quer se aventurar pode ficar tranquilo, pois há opções para todos os bolsos e gostos. O que antes era possível apenas para quem vinha de família abastada, hoje é mais real do se pode imaginar.

De acordo com levantamento feito pelo Salão do Estudante, maior feira de intercâmbio da América Latina, que há 17 anos percorre as maiores capitais brasileiras oferecendo curso no exterior, só em 2011, cerca de 267 mil brasileiros pisaram em terras estrangeiras. O evento observou mudanças no perfil do brasileiro. A renda econômica, idade, o tipo de curso e tempo de permanência em outro país sofreram alterações. Um fator que também mudou, foi o nível de inglês do brasileiro. “Na década de 80 o inglês dos estudantes apresentavam níveis básicos e hoje essa realidade sofreu alterações o que desperta maior interesse nesses jovens”, revela Samir Zaveri, coordenador do Salão do Estudante. Por falar em jovem, não são só eles que colocam o pé na estrada. Hoje, muitos brasileiros com idade acima de 25 anos buscam cursos lá fora. Esse público prefere aperfeiçoar o inglês e aproveitar para incrementar o currículo e optam pelos chamados cursos casados e MBA. Instituições oferecem cursos de gastronomia, cinema, business, moda e opções de trabalhos voluntários ou relacionados ao meio ambiente para tornar a experiência mais atraente.

Cursar uma faculdade lá fora também está nos planos dos brasileiros. Além de ser um grande diferencial os custos não ficam muito longe dos empregados aqui mesmo. Para se ter uma ideia, cada aluno gasta em média por ano R$40 mil para cursar uma universidade no Brasil, incluindo mensalidade, custos com moradia, alimentação e aperfeiçoamentos. Estudando no exterior esse valor é de aproximadamente R$70 mil nas mesmas condições citadas. “A experiência de estudar nas melhores universidades do mundo faz toda a diferença curricular”, acrescenta Samir.

De olho nesse mercado mais de 290 instituições de ensino de mais de 20 países estarão de 11 a 25 de setembro no Brasil participando da 17ª edição do Salão do Estudante. O evento recebeu no ano passado 34 mil visitantes nas sete capitais e este ano espera um público 20% maior.

Além dos representantes internacionais a feira receberá as maiores agências de intercâmbio do Brasil e instituições governamentais do Canadá, Corea do Sul e França. O salão realizará seminários e palestras e dará todo o suporte para quem não vê a hora de estudar lá fora. Dicas sobre clima, opções de moradia, cursos, como estudar e trabalhar no exterior, informações sobre documentação e câmbio serão fornecidas pelos expositores.

Mais informações: www.salaodoestudante.com.br

SERVIÇO:

Rio de Janeiro- 24 e 25 de setembro (segunda e terça-feira)

Sofitel Rio de Janeiro (no dia 24 de setembro)
Av. Atlântica, 4240 – Copacabana
Horário: 15h às 20h

Transamérica Prime Barra (no dia 25 de setembro)
Av. Gastão Senges, 395 – Barra da Tijuca
Horário: 15h às 20h