17º Festival Brasileiro de Cinema Universitário | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

17º Festival Brasileiro de Cinema Universitário no Rio de Janeiro

Publicado por blogcidadedorio em 10/08/12 | Rio, Site

A Cidade do Rio de Janeiro vai receber de 13 a 19 de agosto, o 17° Festival Brasileiro de Cinema Universitário (FBCU), principal exibidor de produção audiovisual universitária brasileira e estrangeira no país. O evento, gratuito, ocupará o Centro Cultural dos Correios, no Centro do Rio. A abertura do festival (13/8) será com a exibição do filme “Las Acacias”, vencedor do prêmio Câmera de Ouro do Festival de Cannes em 2011. A sessão especial já tem presença confirmada do diretor da obra, o argentino Pablo Giorgelli. Essa não é a primeira vez de Giorgelli no FBCU. Em 2001, ele veio para a apresentação do longa “Solo por Hoy”, de Arial Rotter, filme do qual ele foi o montador. Dentro da programação do festival, a Mostra Competitiva Nacional e a Mostra Competitiva Internacional são os destaques. Este ano, mais de 700 curtas do Brasil e de outros países se inscreveram para participar do evento. Ao todo, serão exibidas 150 produções, e o festival terá oito sessões diárias.

No encerramento, dois júris, formados por professores e estudantes, teóricos e profissionais de cinema, escolherão os filmes das Mostras Competitivas que se destacaram em sete categorias: Retrato da Realidade Nacional, Pesquisa de Linguagem, Contribuição Artística, Expressão Cultura, Expressão Poética, Contribuição Técnica e Construção Narrativa, além da escolha do destaque do público por votação da audiência presente às sessões.

O FBCU nasceu a partir da realização conjunta de um curta-metragem, que contava com uma equipe mista de estudantes dos três cursos de cinema no país com produção regular: UFF, ECA-USP e FAAP. Dessa empreitada, que uniu paulistas e cariocas na cidade de Cabo Frio, surgiu o curta “Bem-vindo a Sal Grosso”, filme de abertura da primeira edição do festival, que ocorreu em 1995. O filme também inspirou a criação em 2001 do “Projeto Sal Grosso”, que realiza anualmente um curta em parceria com universidades de cinema/audiovisual. “A produção desse primeiro curta foi um exemplo do que a troca de conhecimento e experiência entre os estudantes pode gerar”, afirma Aleques Eiterer, um dos coordenadores do Festival.

Neste ano, durante o período de inscrições, o FBCU recebeu 74 roteiros de interessados em participar do “Projeto Sal Grosso”. Destes, doze serão selecionados para uma oficina com profissionais do ramo, que contará nesta edição com a participação do roteirista Haroldo Mourão, da TV Globo, e da diretora Mariana Meliande (A Fuga da Mulher Gorila, A Alegria e Desassossego). Ao término da oficina, os orientadores escolherão o melhor roteiro, que será filmado com produção do festival e exibido no encerramento da edição de 2013. O autor do roteiro escolhido dirige o filme e as escolas que se destacarem na Mostra Competitiva Nacional, segundo os jurados, são convidadas a assumir funções como fotografia, montagem e direção de arte, entre outras. O filme vencedor do ano passado e que será exibido este ano é “Nós parecemos gigantes”, de Daila Pacheco, aluna da Universidade Anhembi Morumbi.

O Festival Brasileiro de Cinema Universitário conta, ainda, com oficinas do Projeto Sal Grosso e Da Captação à Finalização Digital – Link Digital e Fazer Cinema, além de uma homenagem ao professor Fernão Ramos, da Unicamp, conhecido por lecionar e realizar pesquisas na área cinematográfica, com ênfase em Cinema Documentário, Teoria do Cinema e Cinema Brasileiro. Ele realizará uma Master Class, aberta ao público.

O FBCU já é reconhecido por promover discussões sobre o ensino do audiovisual, como forma de estimular o surgimento de novas perspectivas para produção cinematográfica no país e também por contribuir para que novos nomes recém-formados nas universidades sejam apresentados ao mercado cinematográfico, tais como Laís Bodanzki (“As melhores coisas do mundo”), Esmir Filho (“Os famosos e os duendes da morte”), Eduardo Valente (“No meu lugar”), e Bruno Safadi (“Meu nome é Dindi” e “Belair”). O FBCU conta com o patrocínio dos Correios, Secretaria do Audiovisual e Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro.

Programação Completa:

Abertura
Local: Centro Cultural Correios
Data: 13 de Agosto
Sessão de abertura com apresentação do festival e exibição do longa-metragem “Las Acácias”, de Pablo Giorgelli.

Mostra Competitiva Nacional
Local: Centro Cultural Correios
Data: 14 a 18 de agosto
Exibe curtas produzidos em qualquer formato que tenham sido realizados por estudantes universitários (direção e mais três funções técnicas) a partir de 2010. Ao fim de cada sessão do festival, os realizadores debatem com o júri e o público os filmes apresentados.

Mostra Competitiva Internacional
Local: Centro Cultural Correios
Data: 14 a 18 de agosto
Exibe a produção de curtas produzidos em qualquer formato que tenham sido realizados por estudantes universitários e de escolas de cinema estrangeiros e brasileiros (direção e mais três funções técnicas) a partir de 2010.

Mostra Informativa
Local: Centro Cultural Correios
Data: 14 a 19 de agosto
Seleção de filmes que ficaram de fora da mostra competitiva, montando um grande panorama da produção universitária divididos em sessões temáticas.

Homenagem ao Professor Fernão Ramos
Local: Centro Cultural Correios
Data: 19 de agosto
O Festival tem por tradição homenagear profissionais de cinema ligados ao ensino acadêmico ou instituições de ensino cinematográfico. Este ano o homenageado será o professor Fernão Ramos da Unicamp.

Master Class com o professor Fernão Ramos
Local: Centro Cultural Correios
Data: 18 de agosto
Aula com o professor homenageado Fernão Ramos, aberto ao público.

Oficina Da Captação à Finalização em Digital – Link Digital e Fazer Cinema
Local: Link Digital (Finalização)
Data: a definir
Será realizada uma oficina aberta ao público durante o festival.

Projeto Sal Grosso 12
Pelo 12º ano consecutivo, o festival vai produzir um curta metragem. Uma seleção de roteiros enviados por universitários de todo o país será trabalhada dentro de uma Oficina de Roteiros que acontece durante o festival. Ao fim do curso, os “oficineiros” escolherão um roteiro que será dirigido pelo autor, e terá sua equipe técnica formada por alunos das diversas escolas de audiovisual do país. O filme terá sua estreia na noite de encerramento do Festival Universitário de 2013.

Agenda Noturna
Programação de bares e restaurante indicados pelo festival.

Encerramento
Local: Centro Cultural Correios
Data: 19 de agosto
Exibição do 11º curta-metragem produzido pelo projeto Sal Grosso – “Nós parecíamos gigantes”, de Daila Pacheco, e premiação das Mostras Competitivas Nacional e Internacional

Serviço:
17º Festival Brasileiro de Cinema Universitário
13 a 19 de agosto de 2012
Entrada gratuita
Centro Cultural Correios
Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro
Telefone: 2253-1580
Lotação:
Centro Cultural dos Correios – Sala de Cinema – 200 lugares
Centro Cultural dos Correios – Sala de Vídeo – 35 lugares
http://fbcu.com.br/