Cenários da insegurança | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Cenários da insegurança

Publicado por cidadedorio em 28/10/13 | Rio

IMG_9180

A beleza da Enseada de Botafogo a noite, mas com muita insegurança

Por André Delacerda e Diogo Fagundes,

No último Domingo (28/10) estivemos fazendo imagens para nossa produtora no Aterro do Flamengo e Praia de Botafogo, na procura de uma locação para a imagem, acabamos constatando a falta se segurança dessas áreas no final de tarde e principalmente a noite.

Vez ou outra passava uma patrulha no Aterro, mas policiamento a pé que era o mais importante não havia. O que vimos nas 6 horas em que ficamos entre o Aterro e a Praia de Botafogo foram muitos pivetes, moradores de rua, pessoas consumindo drogas em garrafas plásticas.

IMG_4497

Praia de Ipanema à noite 

A sensação de insegurança nos pontos turísticos do Rio de Janeiro não para por ai. No bairro de Ipanema a onda de assaltos tem sido constante nas ruas internas e na área próximo ao Arpoador.

Cariocas e turistas tem aumentado cada vez mais a atenção para tentar aproveitar estas áreas sem o incomodo de ser assaltado. Não podemos falar que em alguns pontos há falta de policiamento. Na orla de Ipanema pode-se ver até grupos de cinco ou seis policiais agrupados, mas na rua seguinte pela ausência dos policiais os criminosos assaltam livremente.

Voltando ao Aterro, se você quer apreciar a beleza do Pão de Açúcar e fazer bonitas fotos, é mais arriscado ainda pois seu equipamento certamente será visado pelos marginais. O que desestimula muita gente a ficar até o início da noite fazendo fotos ou aproveitando a beleza da área.

_MG_0176

Mirante Dona Marta com a espetacular vista do Rio de Janeiro

Se você quer ir ao Mirante Dona Marta a noite ver a maravilhosa vista do Rio por vários ângulos a situação é pior ainda. Não há policiamento no mirante. Tirando uma patrulha que sobe as vezes até lá, você corre o risco de um assaltante sair da vegetação e te assaltar.

O que se deveria ter nesse lugares seria mais policiais fazendo rondas a pé. Há tanto policial para reprimir manifestação, mas a pergunta que fica. Porque esses homens não são utilizados para reprimir os roubos e assaltos. Falta mais policiamento nas ruas para que cariocas e turistas possam aproveitar mais a beleza e a cênica desses pontos turísticos no final de tarde e a noite.