Emirates comemora seis meses de operação no Rio de Janeiro | Cidade do Rio

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

Emirates comemora seis meses de operação no Rio de Janeiro

Publicado por blogcidadedorio em 04/07/12 | Rio, Site

A Emirates comemorou seis meses de operação no Rio de Janeiro. Desde que foi inaugurado, o voo transportou 22 mil passageiros e 706 mil quilos de carga para Dubai, e outras 19 mil pessoas para a capital argentina.

A frequência diária da Emirates do Rio de Janeiro para Dubai abriu as portas de 173 destinos no mundo para passageiros e empresas. Viajantes de negócios estão aproveitando a malha aérea da companhia para voar até destinos na Ásia e no Oriente Médio, com destaque para China e Japão. Turistas a lazer curtem Dubai e ainda podem chegar às ilhas do Oceano Índico, à Tailândia ou à Austrália com apenas uma escala.

Com o voo, o Rio também está ligado a Buenos Aires, dando aos viajantes a oportunidade de experimentar um serviço de qualidade acima da média entre as duas principais cidades da América do Sul.

“O Boeing 777-300ER tem comodidades de alto padrão que ajudaram a tornar esse serviço um sucesso, como as luxuosas suítes da primeira classe, os assentos totalmente reclináveis da executiva e as cabines espaçosas da econômica”, disse Ralf Aasmann, diretor-geral da Emirates no Brasil. Outro diferencial é o premiado sistema de entretenimento de bordo ice, disponível para todos os passageiros sem qualquer custo, com 1.200 canais que passam dos últimos lançamentos de filmes, séries e músicas até as manchetes da BBC ao vivo.

Empresas exportadoras também utilizam a rota para impulsionar o comércio com mercados importantes em todo o mundo, incluindo China e Coreia. Nesses seis primeiros meses, cerca de 706.000 quilos de carga foram transportados entre Rio e Dubai, o que equivale a quatro toneladas por voo.

O comércio entre Brasil e Oriente Médio continua a crescer. De acordo com a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, as exportações brasileiras para os países árabes totalizaram US$ 15,13 bilhões em 2011, um crescimento de 20,3% em relação ao ano anterior. As importações brasileiras provenientes dos países árabes também evoluíram, fechando 2011 com US$ 9,98 bilhões, uma alta de 43,36% na comparação com 2010.