Rio | Cidade do Rio - Part 4

Cidade do Rio - De braços abertos como o Rio de Janeiro

A Baía de Guanabara e os golfinhos e baleias que ali viviam

Publicado por cidadedorio em 10/05/15 | Rio

9644609985_daa16903e3_o

Por André Delacerda e Diogo Fagundes,

Quando da descoberta da Baía de Guanabara, muito relatos de visitantes, desbravadores, naturalistas e marinheiros davam conta da grande quantidade de golfinhos e baleias que eram encontrados na segunda maior baía do Brasil. Mais de quatro séculos se passaram e os golfinhos e botos são raros na Baía de Guanabara que hoje agoniza em meio a poluição vindas das áreas urbanas ao seu redor, do barulho dos navios fundeados no seu espelho d’água e de outras degradações.

Era tanto a quantidade de golfinhos que viviam na Baía de Guanabara que foram imortalizados no brasão do Rio de Janeiro, como símbolos da cidade. (mais…)

Lendas Urbanas no Rio de Janeiro

Publicado por cidadedorio em 03/05/15 | Rio

15931157620_876b547a73_o

Túneis da cidade e o misterioso Opala Preto

Toda cidade tem a sua lenda urbana, muitas delas dão arrepios. Quem já não andou pelas ruas da cidade a noite e teve a sensação de ter visto um vulto ou está sendo seguido por algo que não pode explicar?

O Rio de Janeiro não deixaria ter suas lendas urbanas. Aqui elas se espalham por ruas, prédios históricos, centros de poder econômico e até nas montanhas enigmáticas. Vamos conta algumas delas aqui ouvidas e contadas por amigos, e que vão fazer muito carioca ficar de cabelo em pé.

Na década de 70 havia um bandido que assaltava em um Opala preto. Em uma das suas fugas da polícia, o carro entrou em um túnel da cidade e bateu, o assaltante morreu. Meses depois algo de estranho começou a acontecer em alguns túneis do Rio de Janeiro. Dizem alguns motoristas, que ao transitarem pela madrugada, vinham pelo retrovisor do carro que estavam sendo seguidos por um Opala de cor preta, que pressionava o motorista que estava sendo perseguido, podia-se até ouvir o barulho do tal Opala. A lenda do Opala também já rendeu por muito tempo histórias de um misterioso carro que aparecia e desaparecia de repente pegando crianças. Verdade ou imaginação esta é mais uma lenda urbana das ruas do Rio. (mais…)

Como seria o Rio sem o Corcovado, o Pão de Açúcar e os monumentos naturais?

Publicado por cidadedorio em 26/04/15 | Rio

9652455454_d05f838270_o

A depender do ângulo, ainda remonta os primeiros tempos

Por André Delacerda e Diogo Fagundes,

O que marca a paisagem carioca ao redor do mundo são seus monumentos naturais. Quem ao chegar a cidade do Rio de Janeiro por mar ou avião, ou até mesmo de carro fica logo impressionado com essa enormes montanhas e pedras dos mais diversos formatos.

Imaginem o que Gaspar de Lemos em 1502, ao descobrir a Baía da Guanabara e Estácio de Sá fundador do Rio de Janeiro 1565 diriam se encontrassem uma grande planície ao invés das montanhas que somos acostumados a ver?

O certo é que o relevo carioca é muito marcante. Seria uma grane lacuna ou uma falta extrema não ter a silhueta marcante dessas montanhas. É bacana olha-las e imaginar coisas. O Pão de Açúcar ao depender do ângulo que se olhe parece um grande Moai gigante, aqueles rostos misteriosos da Ilha de Páscoa.

(mais…)

Rio Antigo: Exposição Nacional de 1908 na Urca

Publicado por cidadedorio em 22/04/15 | Rio

Por André Delacerda e Diogo Fagundes,

avenidaestados

Avenida dos Estados com os Pavilhões

Poucos cariocas conhecem esta história e sabem que a Urca já foi palco de uma  grande exposição no início do século passado, em 1908. A Exposição Nacional durou três meses e visava celebrar o comércio e desenvolvimento do Brasil, além, do centenário da abertura dos portos. A exposição seguia o mesmo estilo das grandes mostras e Exposições Universais que aconteciam mundo a fora. Ela foi a sexta exibição nacional ocorrida na antiga capital.

Os preparativos para exposição começaram ainda no governo do presidente Afonso Pena. Uma comissão executiva de 41 membros cuidou os preparativos e da escolha do local. Foram analisados e descartados vários lugares da cidade, dentro os quais a Quinta e o então Porto Novo, por fim, chegou-se a decisão que o melhor local seria na Praia da Saudade, onde edifícios federais poderiam ser reaproveitados.

A área escolhida com 182.000m2 ficava entre a Praia da Saudade e a Praia Vermelha na Urca, e o cenário também foi escolhido pela sua beleza incomum. A decisão também era um sinal que a orla da cidade já começava a ser vista como cenário de lazer. (mais…)

A paisagem do Centro do Rio de Janeiro pode diminuir o stress

Publicado por cidadedorio em 08/04/15 | Rio

IMG_3160

Detalhes do Theatro Municipal por entre as árvores

Por André Delacerda e Diogo Fagundes,

Muito das vezes ao transitar pelo Centro, ou olhar pela janela de um dos escritórios onde trabalhamos não vemos como a paisagem do Centro do Rio de Janeiro é tão bonita e rica em detalhes e histórias. Nos esquecemos que ali pode está uma das soluções para se diminuir o stress que muitos ligam ao Centro com seu ritmo frenético.

Que tal parar um pouco o trabalho, apenas alguns segundo e observar pela janela. Certamente isso pode aguçar sua curiosidade e através disso aliviar a pressão do dia-a-dia. Quem sabe a inspiração que você precisa não esteja bem a sua frente. (mais…)

Rio de Janeiro tem 12 mil “Supertalentos”

Publicado por cidadedorio em 07/04/15 | Rio

14657986811_588f371abf_o

Uma cidade além do potencial humano espetacular

A visão que muito tem do ensino público é que este não potencializa e não tem possibilidade de encontrar pessoas com habilidades especiais. No Rio, parece que este cenário está mudando. Em 2014, foram identificados cerca de 12 mil alunos considerados “Supertalentos” que estudam no ensino fundamental na rede pública do Rio de Janeiro.

Os jovens frequentam 400 salas que fazem parte da rede de ensino público onde fazem atividades que complementam o curriculo regular. Nestas aulas eles debatem sobre arte, fazem jogos, vivenciam experimentos científicos, dentre outras atividades e tem contato com pessoas de universidades.

Muito das vezes as pessoas acham que alunos superdotados são puramente acadêmicos, mas as habilidades se manifestam em várias áreas.

“A gente tem a tendência de achar que o superdotado é o aluno brilhante, acadêmico. Mas as altas habilidades podem se expressar de várias formas. No talento para música, artes, escrita, esportes. Temos três ginásios olímpicos para onde vão alunos com disposição para esportes ou interesse na área esportiva. Podem trabalhar com nutrição, serem jornalistas esportivos” Explica a Secretária Municipal de Educação em entrevista a Revista Época/Estadão.

 

 

 

A nova cara da Praça Mauá: as obras do Porto Maravilha trazendo outros olhares a cidade

Publicado por cidadedorio em 26/03/15 | Rio

1A5A2412

Monumento na parte central da nova Praça Mauá

Uma das coisas mais importantes numa cidade são os espaços públicos. Caminhar pelos calçadões, boulevards, estar numa praça. Ter a experiência de conviver e encontrar pessoas dos mais diversos lugares e culturas em espaços públicos certamente é um dos pontos chaves para que um aglomerado urbano possa proporcionar de fato qualidade de vida a sua população e quem visita o local.

O Rio de Janeiro tem passado por inúmeras transformações urbanísticas nos últimos anos. A cidade tem aproveitado a oportunidade de sediar uma Olimpíada para se redescobrir, reinventar, e requalificar os espaços urbanos, muito deles degradados por décadas. (mais…)

Arqueólogos descobrem sambaqui de 4 mil anos em obras no Galeão

Publicado por cidadedorio em 19/03/15 | Rio

9642646415_1f43d4b8ba_o

Uma cidade repleta de segredos históricos a serem descobertos

O Rio de Janeiro é uma cidade em obras. Nos últimos anos a cidade tem virado um canteiro de obras públicas e privadas. Muitas delas visando trazer uma melhor estruturação urbana e também, por conta dos Jogos Olímpicos rio 2016.

No meio das obras de ampliação dos terminais e pátio do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, foram encontrados achados arqueológicos que remontam a quatro milênios. Mas em outras obras na cidade, os achados arqueológico seculares tem sido encontrados também.
(mais…)

De Janeiro: uma homenagem aos 450 anos do Rio de Janeiro

Publicado por cidadedorio em 01/03/15 | Rio

9649313009_eb0ea68f8a_o

O Rio de Janeiro visto dos dois Irmãos

Por André Delacerda e Diogo Fagundes,

Faço versos e prosas por que tu me emocionas. De todos os janeiros, o que eu mais prefiro é você meu Rio. E a cada encontro, a cada amanhecer e entardecer, meus olhos se encantam e parece que me apaixono como se fora amor à primeira vista. Vejo nas tuas montanhas rochosas cercadas de verde, um refugio de paz e esperança, nas tuas águas um espelho prateado que reflete as cores da liberdade. Na tua gente mestiça um encontro de raças, que faz de ti uma esquina do mundo, um pequeno Brasil, mas em verdade um grande e generoso coração pronto a acolher a quem o procura. E se pensarmos que Deus na sua mais profunda sabedoria e inspiração o criou para nos presentear, es tu rio, a divina criação, a personificação do paraíso na terra, com aquela pontinha de pecado e luxuria. Capital das capitais, mesmo que já não ostente mais o titulo de chefe política da nação, tu es o portão de onde tudo começa e se encontra, tu é a cultura na sua manifestação mais viva, emanada de forma lúdica e popular por um povo sorridente que tanto o ama. Salto de uma das tuas muitas montanhas bonitas e vôo como um pássaro, planando por tua paisagem exuberante e vendo que tu és feito de contraste, ora é verde, ora é favela, ora é pedra, concreto e automóvel; mas acima de tudo tu és gente, tu és carioca, tu es de janeiro, é um rio que povoa os nossos corações, é o samba que embala nossas vidas, é a correnteza que nós leva por mil canções, é o verso do poeta, é o Rio de Janeiro.

Arquitetura Carioca: Os destalhes do Pavilhão Mourisco da FioCruz

Publicado por cidadedorio em 10/02/15 | Rio

IMG_20150205_125001383_HDR

Por Diego Costalonga e Cassia Carvalho,

Única edificação neomourisca civil ainda existente no Rio de Janeiro, o Pavilhão Mourisco ou Prédio Central da Fundação Oswaldo Cruz teve sua construção iniciada em 1905 e foi projetado pelo arquiteto português Luiz de Moraes Júnior, com base em croquis de Oswaldo Cruz. O traçado do prédio assemelha-se aos palácios ingleses do período Elisabetano, com utilização de torres e ameias, a valorização da entrada principal, as grandes galerias ligando as salas laterais. Já nas fachadas, paredes, pisos e forros internos impera o estilo oriental. (mais…)

Lavagem do Sambódromo do Rio e Ensaio de Luz e Som da Unidos da Tijuca

Publicado por cidadedorio em 09/02/15 | Rio

IMG_1611

Domingo o Sambódromo do Rio de Janeiro foi palco de mais uma noite de muito Samba e homenagens aos 450 anos do Rio de Janeiro.

A noite começou com um chuvisco que não assustou e logo foi embora dando lugar a muita fé, água de cheio e as queridas baianas das Escolas de Samba do Rio de Janeiro fazendo a Lavagem da passarela do Samba.

Logo após, aconteceu o Ensaio Técnicos da Unidos da Tijuca e também o teste de luz e som.

Saiba mais e veja os vídeos do facebook do Cidade do Rio.

Parte do Rio que conhecemos pode desaparecer devido aos efeitos extremos do clima

Publicado por cidadedorio em 06/02/15 | Rio

14741399266_1959ca4e1f_o

Ontem a cidade ficou a espera de uma tempestade que deixou muita gente preocupada e em alerta. Por sorte a chuva veio mais moderada, mas em alguns bairros até choveu forte. Os fenômenos climáticos e suas mudanças preocupam quanto ao futuro da cidade.

Nos últimos dois meses vimos a paisagem carioca mudar, os gramados e árvores com tonalidade queimada, lagos secando e até a Lagoa com volume reduzido de água. Passamos quase dois meses de seca e enfrentando temperaturas que chegavam aos 55 graus de sensação térmica.

Em seguida tivemos o extremo das chuvas, granizo e raios dos últimos dois dias. (mais…)

Carnaval 2015: Portela lava a alma e pode conquistar o título

Publicado por cidadedorio em 02/02/15 | Rio

IMG_0820

Portela ensaiando embaixo de chuva na Sapucaí

Por Bernardo Moura,

No primeiro dia de fevereiro, São Pedro deu uma colher de chá para nós e o Rio apareceu com uma cara meio “cinza”. Mesmo assim, as 40 mil pessoas que compareram ao Sambódromo na noite deste domingo não ligaram para o humor climático e viram três grandes escolas dando seus últimos retoques rumo ao Carnaval 2015. União da Ilha, Portela e Salgueiro agradaram aos presentes e deram o seu recado que dizia “A briga pelo campeonato vai ser puxada”. (mais…)

Um Rio cheios de surpresas e que é amado pelos cariocas

Publicado por cidadedorio em 22/01/15 | Rio

14657986811_588f371abf_o

O cenário cinematográfico do Rio visto do Mirante Dona Marta

No dia 1 de março de 2015 o Rio de Janeiro completará 450 anos de muita história e beleza. A cidade desde a sua fundação em 1567 encanta e acolhe pessoas de todo o mundo, ainda hoje os monumentos naturais do Rio de Janeiro saltam os olhos e impressionam pela sua magnitude como assim fizeram a séculos atrás.

Há muitos Rios para se amar e apreciar. (mais…)

Proibir bicicletas e pranchas no metrô é contra senso

Publicado por cidadedorio em 18/01/15 | Rio

 20150105_200154

Certo dia entramos no Metrô Rio e vimos a seguinte placa acima, que tem dois pontos interessantes ou estranhos para serem proibidos numa cidade como o Rio de Janeiro: “É Proibido Embarcar: com bicicletas e pranchas de surf”.

Algumas pessoas podem dizer que não daria para embarcar bicicletas nesse metrô que só anda lotado. Uma solução seria destinar um dos vagões em horários pré determinados, como por exemplo fora do horário de rush para que usuários do metrô pudessem usar esse transporte de massa como complemento ao percurso que fazem normalmente, criando assim, umo modal que teria tudo haver com o Rio de Janeiro. Seria muito brilhante a criação do modal bike + metrô, mas parece que faltou vontade para modelar esse tipo de idéia. Seria até ousado se o Metrô Rio colocasse mais um vagão somente para bikes em um das linhas.

A questão segurança poderia ser estudada exaustivamente para, quem sabe, trazer uma solução para bikes no metrô.

Em vários países é permitido embarcar no metro de bike. E a população usa de seu direito e, portanto, é fácil encontrar pessoas transportando suas bicicletas nos transportes públicos. (mais…)

Página 4 de 25« Primeira...23456...1020...Última »